Secretaria de Saúde e CDC promovem ação em alusão ao Dia das Mães

A atividade aconteceu na própria sede do Complexo de Defesa e Cidadania.

Evento foi voltado tanto para as mães dos menores infratores, quanto para as colaboradoras do CDC (Foto: Jackelany Vasconcelos)

/ CCOM / sexta-feira, 13 maio , 2022

Por: Jackelany Vasconcelos

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenação de Saúde da Criança e do Adolescente, juntamente com o Complexo de Defesa e Cidadania (CDC) promoveram, na manhã desta sexta-feira (13), uma ação em alusão ao Dia das Mães. A atividade consistiu em uma palestra, ministrada pela Fonoaudióloga, Felismina Dias, e execução de dinâmicas.

O Coordenador de Saúde da Crianças e do Adolescente, Marciel Pio, destacou o objetivo da ação. “É o segundo ano consecutivo que nós realizamos esse evento, e o intuito é dedicar a todas mães, tanto dos adolescentes privados de liberdade, como também as mães que fazem parte do CDC. Essa ação teve total apoio do Coordenador do CDC, Stéfano, e também uma parceria com a Secretaria de Saúde”, destacou Marciel.

Coordenador de Saúde da Criança e do Adolescente, Marciel Pio (Foto: Jackelany Vasconcelos)

Para o Coordenador do CDC, Antônio Stéfano, essa ação é muito importante, pois além de ser um momento de acolhimento é também uma oportunidade de as orientar. “Esse momento para a gente é de extrema importância, tendo em vista que, é um momento em que a gente traz as mães dos adolescentes para dentro da Unidade e podemos conversar com elas, pode passar algumas orientações, bem como, também um momento, onde passamos alguns ensinamentos para elas e para as mães do próprio complexo”, afirmou o Coordenador do CDC.

Coordenador do CDC, Antônio Stéfano (Foto: Jackelany Vasconcelos)

A mãe e Assistente Social do CDC, Talita Laiane, explicou que essa ação visava resgatar o convívio dos adolescentes para com as mães. “Esse momento especial de Dia das Mães é muito importante para a gente, porque é uma oportunidade de integração do adolescente com a mãe, nós tentamos resgatar esse convívio deles com as mães, para que eles conversem mais, pois muitas vezes, estão na mesma casa, mas infelizmente não tem esse diálogo e esse momento é especial para dizerem as mães sobre os sentimentos que eles têm por elas”, pontuou a assistente social.

Assistente Social do CDC, Talita Laiane (Foto: Jackelany Vasconcelos)

Veja mais imagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *