No Piauí, professores paralisam e cobram do governo valorização dos aposentados

Os professores da rede Estadual do Piauí realizam uma manifestação com paralisação nesta quarta-feira (27), em frente ao Palácio de Karnak. Na pauta, a categoria pede o reajuste dos aposentados; reajuste dos ativos no vencimento; mudanças de classe e de nível; reenquadramento; agilidade nas aposentadorias; infraestrutura nas escolas e 60% do Fundef para o magistrado

Paulina Almeida, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública do Estado do Piauí (Sinte-PI) além da paralisação nacional pela luta sobre o novo Fundeb, a categoria também cobra o reajuste dos aposentados.

“Além da luta pelo do novo Fundef de forma permanente, para que a União mande mais recursos, onde queremos que o percentual aumente de 10% para 40% até 2031, não podemos deixar de falar da pauta do Estado, que é o não cumprimento por parte do Governo sobre o reajuste dos aposentados, das mudanças de níveis, de classe, da infraestrutura das escolas, reenquadramento dos técnicos, deliberação das aposentadores no qual as pessoas esperam até quatro anos, entre outros”, comenta.

A presidente do Sinte-PI pontua que os aposentados merecem respeito e valorização, especialmente por terem contribuído para o Estado, ensinando milhares de alunos. Ela destaca que a categoria não concorda com o que o governo vem fazendo hoje, que é a quebra da paridade, criando uma polêmica entre os trabalhadores aposentados e os ativos.

“O Sinte-PI já procurou o Governo do Estado e já expedimos inúmeros ofícios. No dia 25 aconteceu uma audiência pública na Assembleia Legislativa sobre o novo Fundeb, no qual tivemos a presença do professor Heleno Araújo, da CNTE [Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação], e depois tivemos uma audiência com o governador [Wellington Dias]. Ele colocou a situação, que está buscando alternativas para cumprir com esses pagamentos e ficou pautado que hoje (27) haveria uma nova conversa para tratar dessa pauta do reajuste dos aposentados”, frisa.

Segundo a assessoria de comunicação, o secretário de Administração e Previdência, Merlong Solano está reunido representantes do Sinte-PI para tratar das pautas levantadas pela categoria.

Fonte: Portal O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *