Pré-candidatos petistas Araujinho e Maria Santana não tem o apoio de 45% dos membros do Diretório do PT de Picos

Sem diálogo, representantes da ala, que está insatisfeita com a falta de diálogo, disseram que também vão lançar um pré-candidato a prefeito

Da Redação

A “novela mexicana” em torno da indefinição da pré-candidatura a prefeito de Picos na base governista, que tem como pré-candidatos a jornalista e Diretora do CIEM (Centro Integrado de Especialidades Médicas), Maria Santana, e o empresário, Francisco da Costa Araújo Filho, o “Araujinho”, ambos filiados ao Partido dos Trabalhadores, ganhou mais um ingrediente especial.

Enquanto o grupo político do prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), e o grupo político do deputado Estadual, Severo Eulálio (MDB), com o apoio do presidente do Diretório Municipal do PT, vereador, Wellington Dantas (PT), e do presidente da Mesa Diretora da Câmara de vereadores, Hugo Victor (MDB), digladiam respectivamente pela indicação de Maria Santana e “Araujinho”, membros de uma ala do Diretório Municipal do PT se manifestaram contra os dois nomes.

Depois de uma reunião, na noite da última terça-feira (10), o petista picoense histórico e vice-presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, Carlos Augusto Soares Ferreira, o “Carlão do PT”, e os filiados, Cledson Almondes e Nilton César, gravaram um vídeo, e divulgaram nas redes sociais, reclamando da falta de diálogo dos dois pré-candidatos com o partido e informando do lançamento de outro pré-candidato a prefeito.

“Bom dia companheiros e companheiras, bom dia povo de Picos, povo do Piauí. Eu sou ‘Carlão do PT’, sou vice-presidente do PT. Nós fazemos parte de um grupo que hoje tem 45% do Diretório”, introduziu “Carlão do PT”, passando em seguida a palavra para o militante, Cledson Almondes, que continuou.

Foto/ Divulgação/ Maria Santana sendo homenageada pelo seu padrinho político Pe. Walmir

“Nós decidimos lançar uma candidatura a prefeito de Picos. Nós decidimos chamar o partido para o debate, uma vez que os dois pré-candidatos, Maria Santana e ‘Araunjnho’, não estão fazendo essa discursão com o partido. O PT de Picos não tem dono, a discussão tem de ser feita com toda militância e com toda a sociedade picoense”, pontuou Clebson, passando a palavra para o filiado, Nilton César, que falou das propostas da ala que diz ter 45% dos membros do Diretório.

“Nós temos a proposta de apresentar [nomes] dentro dos nossos quadros políticos porque nós temos pessoas valorosas assim como nossa companheira Maria Santana e o empresário ‘Araujinho’. Nós temos também dentre outros vários nomes que nós vamos escolher e apresentar para fazer uma discussão. E nós vamos ter um nome aqui que nós vamos até as prévias para que o partido como um todo faça uma avaliação para que nós apresentemos a sociedade”, ponderou Nilton César.

Indiferentes a essa insatisfação dos militantes petistas, Maria Santana e “Araujinho” foram agraciados pelos seus padrinhos políticos e apoiadores, respetivamente, durante a programação do aniversário de 129 anos de emancipação política e administrativa de Picos.

Maria Santana foi agraciada pelo prefeito, Padre Walmir, com a medalha “Honra ao Mérito Cidade Modelo” e “Araujinho” foi a personalidade picoense de destaque indicada pelo vereador, Hugo Victor, para receber uma placa comemorativa aos 129 anos de Picos.

Já o militante histórico, “Carlão do PT”, foi exonerado, no último dia 09 de dezembro, do cargo de Assessor Especial que exercia na Secretaria Municipal de Finanças de Picos, correspondente a DAS-símbolo 06, onde tinha um salário mensal no valor de R$ 2.000,00 mil reais.

Aguardemos os próximos desdobramentos dessa disputa interna que a cada dia que passa fragmenta mais ainda a união dentro do Partido dos Trabalhadores e entre seus aliados.

Foto/ Divulgação/ Araujinho foi homenageado pelo vereador, Hugo Victor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *